quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Mentes distorcidas.

Não entendo estes "pais" desumanos, selvagens, criaturas aberrantes!!! como pode um pai matar o seu próprio filho com água a ferver e a mãe saber de tudo e nada fazer? 

Como pode uma mãe atirar o próprio filho ao rio?  

No primeiro caso a mãe entra no tribunal com os phones nos ouvidos, parecia na maior.Apanhou 18 anos de pena suspensa e o pai pena máxima 25 anos, mas palpita-me que nem metade vão cumprir.

Segundo caso: apanhou 8 anos também de pena suspensa, diz o advogado de defesa, há e tal ela tava deprimida!!
         ai ó pah mas em que país vivo?? qual o advogado que aceita defender estas "pessoas"?? 

Havia em alguns casos de existir a justiça do povo!! 


5 comentários:

  1. Absolutamente de acordo. E eu não considero essas pessoas pais. Nam sequer pessoas. São aberrações da natureza.
    Um abraço e bom fim de semana.

    À margem:
    Descobri o seu blogue. Gostei e levei o link. Mas o link não faz actualizações foi parar nos blogues de amigos que há muito não escrevem.
    abraço

    ResponderEliminar
  2. "Tava" deprimida, atirasse-se ela ao rio, ou metesse a cabeça na linha do comboio, que é o que fazem as pessoas deprimidas.
    Os outros dois, punha-os a cavar de sol-a-sol, até ao fim da vida e se parassem para endireitar a espinha, levavam logo com um cacete no lombo.
    Há certo tipo de seres que não merecem ser tratados como gente. Os animais lutam até à morte pelos filhos e estas bestas cometem estes crimes horríveis...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não compares a raça humana com a raça animal. Não há comparação possível. São umas bestas alguns que se dizem humanos.

      Eliminar
  3. O advogado por ter de defender, e tem o dever moral de o fazer. Se bem que estas notícias também me têm afectado e muito!

    ResponderEliminar