sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Coisas que me chocam.

Eu sei que cada cidadão tem direito a um advogado, independentemente do que tenha feito.

Mas há advogados e advogados!!

Como é possível e depois do homem que matou o filho de seis meses com um faca, ter assumido o crime, vir o advogado defende-lo e dizer que não foi ele que praticou o crime?


12 comentários:

  1. Defendem assassinos, pedófilos, corruptos... é preciso ter estômago, mas é a profissão deles. :/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É a profissão sim e entendo isso, mas ao ponto do assassino ter admitido o que fez e o advogado querer demonstrar que não foi ele, vai uma diferença.
      Bom fim de semana.

      Eliminar
  2. Por essas e por outras, acho que nunca conseguiria ser advogada...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu era capaz e até era uma profissão que gostava de ter tido, mas quando me aparecesse casos destes, eu pouco ou nada falaria acerca da pessoa. Agora aquele ainda o defende.

      Eliminar
  3. Pensei exactamente assim quando vi ontem na TV...

    ResponderEliminar