terça-feira, 31 de maio de 2016

E já passou um ano.

Está a fazer um ano que o meu irmão partiu, foi cedo, cedo demais.

Deixou muitas saudades, saudades e dor, sinto muito a falta dele, sinto dor por não está já entre nós, dor por ver o que a minha mãe sofre, disse-o na altura e direi sempre, uma mãe nunca está preparada para a morte de um filho, ainda por cima tão precocemente e tão de repente.

Quando se diz,oh que morte tão estúpida! foi o que aconteceu, direi sempre isso e não esquecerei nunca.

Não falamos muito sobre isso, cá em casa e se eu disser que  passam  dias em que não penso nele, estou a mentir, todos os dias penso e várias vezes.

Porque partiste tão cedo? a pergunta que nunca terá resposta.

8 comentários:

  1. É uma dor que nunca se apaga e uma saudade sem fim.
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Os meus sentimentos.. Muita força!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Xica.
      Força a gente tem! vamos "levando a vida" tem de ser mas custa muito.
      Beijinhos

      Eliminar
  3. É verdade Elvira.
    Vive se com ela para sempre.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Uma dor que nem consigo imaginar. Força!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito dificil sim S* nunca se cura esta dor.
      Beijinhos

      Eliminar
  5. A dor e a saudade de quem já partiu mas que está sempre presente. Abracinho Nina

    ResponderEliminar
  6. Por muito que tentemos...não entendemis!
    Bj amigo

    ResponderEliminar