sexta-feira, 24 de junho de 2016

Nesta Vida

Nada procuro.

Limito-me a viver e tentar ser feliz.

Não é fácil. há sempre algo, que me preocupa, há sempre algo que vejo que não gosto, mas nada posso fazer e isso deixa-me infeliz, nada é perfeito, eu também não o sou, tento dar o melhor de mim (às vezes não consigo) , limito-me a viver um dia atrás do outro, se hoje não foi tão bom, amanhã pode ser que seja melhor, se hoje me chatearam, tento não pensar muito nisso e esquecer, penso na maldade que existe por aí, fico triste, mais triste por nada poder fazer, ai se pudesse..
olho para as crianças e fico feliz, por o seu sorriso e alegria, olho para os idosos e sinto tristeza por os que sofrem e já nem conseguem sorrir. Olho o sol e penso, será que hoje assim como eu, todos o podem ver, olho as ruas e lá vão as pessoas, será que são felizes? algumas sim outras não, de certo.

Há uma frase de um grande líder espiritual Mahatma Gandhi, que diz: não há caminho para a felicidade, a felicidade é o caminho. Esse caminho que ele disse existe, mas nem sempre vou por lá, só porque nem sempre o consigo seguir, há sempre algo que não deixa, mas vou indo.

Há uns tempos uma amiga perdeu um filho com cinco anos, num acidente, um carro veio para cima da criança e matou-o logo ali. Imagino a dor, a revolta, o sofrimento que ela não sentiu.

Passado uns tempos, voltamos a falar sobre o "assunto" evitado durante alguns dias. Eu disse-lhe, é horrível o que aconteceu, mas tenta não pensar (eu sei que isso não é possível), ainda por cima o condutor vinha bêbado, mas não há palavras nestas alturas. Então ela perguntou-me, não penso como?? não lhe soube responder, olhei-a nos olhos a ali ficamos em silêncio.

Isso não foi comigo, mas fiquei de rastos. Há sempre algo no nosso caminho que de repente aparece e nos pode roubar a felicidade.

Ela não existe no seu pleno, nem nunca irá existir.

Vou vivendo e logo se vê.

12 comentários:

  1. Que escrita linda!!!
    A vida é bela e a gente pode sim ir descobrindo o mundo, a cada passo.
    Força e fe!!

    abraco profundo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Sara.
      Beijinho e bom fim de semana .)

      Eliminar
  2. A felicidade é o que todos procuramos a cada instante, sempre corremos atrás dela e é normal nem sempre a conseguirmos encontrar. Uns dias sim, outros nem por isso, mas Nina, vejamos as coisas pelo lado positivo, há quem esteja bem pior. Nós temos muito, porque há quem não tenha nada nem ningué,. Vá lá, anima-te é fim de semana. Beijão grande :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas eu estou bem GM, obrigada :) aquilo foi só um desabafo do que a vida realmente é.
      Jokinhas ciclista linda!! :)

      Eliminar
  3. Nem consigo imaginar tamanha dor... que aperto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim ela sofre muito, às vezes a felicidade que temos hoje, amanhã acabou.
      Mas é assim mesmo.

      Eliminar
  4. Olá Nina.
    É doloroso demais a perda da sua amiga. Entendo o seu sentimento, algumas pessoas ainda conseguem sentir a dor do outro. Mesmo é claro nunca sabendo de fato como é perder assim um filho. Muitas vezes só nos cabe da o apoio silencioso. Pois cada palavra nossa pode ter uma dimensão enorme pela fragilidade que a pessoa está. Quando a felicidades, belas palavras, algumas vezes só mesmo o sofrimento para darmos o valor a vida e assim ser feliz com as pequenas coisas da vida. Beijos.

    ResponderEliminar