sábado, 2 de julho de 2016

Há Festa.

Aqui, este fim de semana é prolongado, segunda, é feriado. 
Também este ano, se comemora os 500 anos da beatificação da Rainha Santa, padroeira da minha cidade. Há festas por todo o lado, enfeites nas ruas, lojas abertas também ao fim de semana e abertas até tarde. 
Não frequento muito a baixa, mas nestes últimos dias tenho lá ido mais vezes que durante muitos anos :) 
Não frequento porque é muito stress muito trânsito,  muita confusão. Mas agora até tenho gostado de lá ir.

Fartei me de andar a pé, mas valeu a pena.

Festa é festa e tem de se aproveitar a vida.



20 comentários:

  1. Que bom ter festas e festa,bem animados e passear faz parte da vida! Boas festas e feriadão!bjs, chica

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Respostas
    1. Não acredito em deus,nem em alguma religião, mas gosto da Rainha Santa, não sei porque, mas gosto. E como digo, às vezes gosto de ir lá ao convento dela e "falar" com ela. Adoro estas festas e estou a proveita-las ao máximo :)

      Eliminar
  4. Giraça! Tens cá um bronze pá :) eu nem que passe o ano inteiro a torrar fico assim. Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que te torra é a agua GM, tu não molhas o pézinho pah eheheheh

      Eliminar
  5. Foi bem aproveitado! Adorei as fotos (algumas já tinha visto no insta)

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  6. Nina...que pena não me ter cruzado com essa rainha pois está linda!
    Eu tenho ido à baixa mas sempre de fugida!!!
    Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está mesmo em frente ao arco de Almedina ao pé do café das natas 😆
      Beijinho Maria

      Eliminar
    2. Está mesmo em frente ao arco de Almedina ao pé do café das natas 😆
      Beijinho Maria

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Foi muito bom, sim Teresa.
      Beijinhos

      Eliminar
    2. Foi muito bom, sim Teresa.
      Beijinhos

      Eliminar
  8. na baixa Lisboeta? Não a vi..foi pena.
    Pois, ao contrario de ti, pelo menos pelo que entendi do texto, é nesta baixa Lisboeta que me encontro qaundo o mundo me cai em cima e me desconcerto. Uma ida até ao cais das colinas faz-me magia. è bom demais e a confusão não me faz confusão alguma.

    ResponderEliminar