quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Às Vezes.

Às vezes gosto de estar só, num sitio calmo, sem ninguém por perto e se for ao pé do mar adoro. Gosto de falar sem que ninguém me ouça, pensar ou simplesmente, olhar aquela imensidão se água. O mar transmite- me muita paz e às vezes, necessito dela. 
Às vezes estou rodeada de pessoas mas não estou a ouvir nada do que dizem, de tão envolvida que estou nos meus pensamentos. 
Às vezes olhos os pássaros e penso, ai quem me dera poder voar e ir por aí sem rumo, outras, penso, mas eu necessito de ter os pés bem assentes na terra, pois não sou pássaro. 
Às vezes apetece- me não ser eu!! mas não consigo,  as pessoas mudam e eu também mudei, mas não tanto assim. Às vezes, sinto saudades do que eu era, mas eu mudei para melhor. 
Às vezes sou triste, mas raramente infeliz. 


6 comentários:

  1. Tanta vez que.isso me acontece. Cada vez aprecio mais o silêncio e as minhas pedaladas solitárias. Axho que não e mau nem é bom. É necessário. Beijinho Nina

    ResponderEliminar
  2. Sim! É necessário e eu gosto.
    Beijinhos GM

    ResponderEliminar
  3. Somos mutantes e por vezes num único dia gostaríamos de ser muitas outras coisas
    Mas... de volta à razão percebemos que somos humanas e aqui temos que estar pois temos como missão "SER FELIZ"
    Um beijo grande, Nina

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade Gracita, a vida é uma mutação constante.
      Beijinho e bom fim de semana.

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Às vezes, nem sempre, pelo menso da minha parte.
      Beijinho Maria

      Eliminar