domingo, 25 de setembro de 2016

Constatação.

Muito se fala de arrependimento, infelizmente eu também já o senti.

Às vezes não damos valor ao que temos nem a quem temos ao nosso lado e depois um dia pode ser tarde.

Há dias numa esplanada, ouvia a conversa de uma senhora, com outra em que a primeira dizia: ai se fosse hoje, tinha feito bem mais! pelo que entendi, alguém próximo dela tinha falecido.

Eu estava só, ouvia aquelas palavras e pensava em mim ao mesmo tempo. Em mim, porque às vezes se calhar também errei, podia ter dado mais atenção, ou ouvido melhor, ou ter estado mais presente.

A partir de uma altura da minha vida, acho que mudei um pouco, comecei a pensar e a agir de outra forma, talvez a idade ou a vida me ensinou isso.

Penso que se passa um pouco com todas as pessoas, a idade vai-nos tornando mais responsáveis, mais solidárias e a vida, o que vivemos, os momentos menos bons, as mais diversas situações que nos acontecem, também acho que pelo menos a mim, me fez uma pessoa melhor.

Quando se é muito jovem não se pensa muito, quer-se viver, divertir e pouco se liga aos outros.

Se errei noutros tempos ou noutras situações, hoje sinto que ajudei e ajudo muitas pessoas, ou pelo menos tento.

Já fiz tanta coisa de bom a outros, (desde voluntariado, a simplesmente ver uma pessoa idosa na rua e sem a conhecer dar-lhe os bons dias), que me sinto bem comigo mesma.

O arrependimento de algumas coisas que sinto do passado, tento atenua-lo com o que faço hoje e quero fazer no futuro.

Há sempre que nos dar uma nova oportunidade para que não se cometam os mesmos erros.

Quando partir deste mundo, quero ir de consciência tranquila. 

32 comentários:

  1. Acho que todos nós temos arrependimentos, o importante é sentirmos que fazemos as coisas pelos motivos certos

    ResponderEliminar
  2. Os arrependimentos fazem parte, temos é de reconhecer o que fizemos de errado e não voltar a fazê-lo e seguir em frente fazendo da nossa consciência, uma consciência tranquila pois mais tarde ou mais cedo pagamos a fatura. És uma alma boa Nina. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fazem parte sim, GM.
      Assim se aprende para o futuro.
      Beijinho

      Eliminar
  3. Que bom quando temos tempo de rever onde erramos e podemos recuperar o tempo e erro...beijos, chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos sempre a tempo Chica, basta querer-mos :)
      Beijo

      Eliminar
  4. O importante é tentarmos aprender com os erros, porque errar toda a gente erra :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso Gata. Com eles aprendemos e nos tornamos melhores pessoas.
      Beijinhos

      Eliminar
  5. Felizmente a vida dá-nos formas de dar volta a determinadas situações e a corrigir por vezes os nossos erros!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A vida ensina nos tudo Xica.
      Eu pelo menos já aprendi muito.
      Beijinhos

      Eliminar
  6. Boa tarde, a humidade é sinonimo de inteligência, errar e reconhecer os erros é uma atitude humilde e inteligente, penso que é melhor vivermos na imperfeição do que na perfeição, se fossemos todos perfeitos a vida era uma chatice, não contestávamos, não tínhamos que pensar, não existiam objectivos a concretizar, limitávamos-nos a dizer que sim a tudo.
    Gostei de saber que existe dentre de sim um bom carácter, só quem o tem é solidário.
    Boa semana,
    AG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada!
      Sim,humilde sempre fui, mas não deixo que me pisem os calos.
      Solidária sou sim e muito.
      Boa noite e boa semana.

      Eliminar
  7. Faco as minhas tuas palavras, tambem eu quero partir de consciencia tranquila, e digo mais so me arrependo daquilo que nao fiz ;)
    Bjinhoooss
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lol
      Eu também me arrependo de algumas coisas que não fiz. Por isso hoje tento que não me venha a arrepender de algo que não fiz e podia ter feito.
      Beijinho prá aí,daki 😆

      Eliminar
  8. Aquele lugar é maravilhoso e transmite tanta paz! Às vezes custa-me acreditar que resultou de uma catástrofe. Vale bem a pena ir lá no verão, mas queria mesmo ir no inverno por causa da particularidade que referi :)
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Imagino que sim Andreia, parece-me maravilhoso, mas como te disse prefiro o verão para ver essas paisagens, mas claro, pelos motivos que disseste no inverno tem de ser :)
      Beijinho linda.

      Eliminar
  9. Nina todo mundo já deve ter de arrependido de alguma coisa, nos só não podemos deixar o arrependimento vir sempre, ser um fato normal Nina bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro Lucimar, quem nunca se arrependeu atire a primeira pedra. Mas tudo isso é ensinamento.
      Beijinhos

      Eliminar
  10. Essa reflexão é séria e importante... por vezes vemos a vida passar e não nos importamos... esse alerta é uma bofetada na cara!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É sim S* tens razão por isso algumas pessoas mudam. Foi o meu caso.

      Eliminar
  11. Eu quero estar de consciência tranquila é enquanto cá andar. Depois de morrer, morre a consciência.

    R: A patuda não está nada bem. Já melhorou quando o tempo arrefeceu, mas voltou a piorar. Ontem desmaiou duas vezes... basta a emoção de me ver a tratar do prato dela e desmaia logo.
    Aquele coração anda preso com arames e cordéis e só espero que quando parar, seja depressa e sem dor. O mesmo que desejo para mim, porque com isto, ando há 3 meses em stress e o meu ainda pára primeiro. lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se morrer de consciência tranquila é pk andei sempre com ela tranquila.

      R: QUE tudo corra bem com a menina e ctg claro.

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  12. r: Aquele micro relato não terá continuação. Muito, muito obrigada!

    Fiquei rendida àquele excerto assim que o encontrei

    ResponderEliminar
  13. Mena...momentos de arrependimento...com ou sem razão...todos temos!
    Há que saber lidar com esse sentimento e eu tenho a consciência de que poderia ter sido diferente ... e agora é tempo de não repetir o que nos pode incomodar!
    Gostei da sua reflexão... Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade Gracinha.
      Saber lidar às vezes não é facil, mas tem de ser.
      Beijinho

      Eliminar