segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Nem sempre Nem nunca.

Sempre fui muito independente, sempre gostei de ser eu a mandar em mim.

Claro que em criança as coisas são diferentes, lembro-me e por que sou a mais nova e rapariga, principalmente o meu pai tinha um especial cuidado comigo, cuidado no sentido de estar mais tento a mim e mais cuidadoso, eu não gostava, mas claro que tinha de lhe obedecer.

Queria sempre levar a minha avante, mandar em mim, mas não podia.

A nossa personalidade nasce connosco e mostra-se logo cedo.

Sempre fui também muito reservada, não gostava de muitas (confianças) os anos passam e depois a gente não muda, a nossa personalidade fica ainda mais vincada.

Se houve tempos em que acreditava que não precisava de ninguém, hoje não penso assim. Todos precisamos de todos. 
Às vezes ouço dizer: eu vivia bem sozinha/o não preciso de ninguém, eu apesar de gostar da minha independência e de não depender de ninguém, não penso assim.  Gosto de estar sozinha sim, de não ter horas para nada, de não ter preocupações com nada (claro que tenho que ter algumas), de acordar à hora que me apetece etc.

Na maioria das vezes faço isso, mas tenho alguém a quem dar também atenção e também não pode ser sempre. No entanto tenho que ter momentos só meus, mesmo estando acompanhada.



Nesta vida aprendi a saber e a gostar de estar só, pois às vezes a nossa companhia é a melhor e prepara-nos para essa eventualidade, de ficarmos sós. 


imagem: Pinterest 


27 comentários:

  1. Tens toda a razão! Tive alguma dificuldade em aprender isso, mas acho que estou no bom caminho!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois Teresa mas é bom sabermos e gostarmos de estar sós. Um dia nunca se sabe e assim já estamos preparadas :)
      Bjxxx

      Eliminar
  2. Nem sempre nem nunca Nina. è bom sabermos e gostarmos de estar com nós próprios, mas um pouco de convívio e mimo é muito bom :)) Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que o convivio é bom e faz bem e eu faço isso, mas ao longo do tempo vou aprendendo também a estar só.
      Beijinho

      Eliminar
  3. Todos precisamos de alguém ao nosso lado, independentemente do tipo de relação que se cria, mas é importante também estarmos bem connosco ao ponto de sabermos que não nos sentimos mal se não estivermos acompanhados.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que sim Andreia, necessitamos e como digo, todos precisamos de todos.
      NA minha opinião temos é de aprender também a estar só.
      Jinhos

      Eliminar
  4. Respostas
    1. É sim Isa, mas quem sabe se um dia não a vamos ter? assim já estamos prevenidas :)

      Eliminar
  5. Concordo com o que foi dito acima, todos nos precisamos dos nossos momentos mas tambem precisamos de alguem, nem 8 nem 80, para tudo tem de haver um equilibrio :) Fa parte da natureza humana! :)
    Mais uma vez identifiquei-me ctg, minha linda, sempre fui mt de ficar no meu canto, em miuda a minha mae chamava-me bicho do buraco porque so estava bem no meu quarto, no meu mundo com o "focinho" enfiado no meio dos livros :) nem de proposito estou a escrever um post no meu cantinho em que fala disto... Fica atenta! :)
    Bjinhosss e continuacao de boa semana*
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou ficar atenta sim Matilde, quero ler :))
      Beijinhos para vocês <3

      Eliminar
  6. Gostei do teu texto!! Acho que antes de termos alguém ao lado, temos de nos sentir bem e realizadas connosco, depois sim, aceitaremos a presença de alguém, e mais ainda, iremos apaixonar-nos por essa presença! =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A presença seja de quem for do nosso lado é sempre bom e faz falta Chica, o que digo é que é bom também saber-mos estar sós.
      Beijinhos

      Eliminar
  7. Mena...o texto é bem reflexivo e merece uma leitura atenta!
    arrasou com esse pensamento! bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É a minha opinião Gracinha.
      E penso assim porque já vivi o tempo suficiente para ver que é melhor assim.
      Beijinhos

      Eliminar
  8. Neste aspecto, somos bem parecidas ;)

    ResponderEliminar
  9. Ah como eu te compreendo. Não me ralo que me chamem antissocial. Há dias em que até uma mosca a voar me incomoda. E não falo a sério quando digo que vivia bem numa ilha deserta, porque há alturas em que preciso de companhia. Mas gosto de estar sozinho no meu canto, ou ir caminhar sozinho, ao meu ritmo e com todo o tempo para não pensar em nada. Ou para pensar sem estar condicionado pelo "ruído" da conversa. :)

    ResponderEliminar
  10. Querida Mena, nomeei-te para uma TaG :) Acho que vais gostar ;)
    Para quando puderes :)
    Tenho a certeza que vou adorar as tuas respostas ;)
    Bjinhosss
    https://matildeferreira.co.uk/2016/10/13/tag-falando-de-dinheiro/

    ResponderEliminar
  11. r: Sim, isso é verdade!

    Muito, muito obrigada *.*

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  12. Também sou muito independente e tenho muita necessidade dos meus momentos a só. E o melhor é que gosto muito de estar comigo! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nós sempre somos as nossas melhores companhias :)

      Eliminar