quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Eutanásia.

Como disse Séneca, a vida, qualquer homem a pode parar; mas a morte é imparável. 

E é verdade enquanto estamos cá podemos terminar com a nossa vida se o quisermos, mas todos sabemos que um dia vamos morrer.

Eutanásia, um assunto tão controverso e que poucos ousam falar, quase que tabu pelo menos em Portugal onde é proibida.
Só na Bélgica, Holanda, Luxemburgo e em alguns estados dos EUA ela é permitida.

Já assisti a vários debates sobre esse “assunto” e sinceramente sempre fui a favor.
Para quê prolongar o sofrimento físico e psicológico a alguém que já nada tem a ganhar em estar vivo?  Na minha profissão vejo tanto sofrimento, tanta tristeza, dor, física e emocional, pessoas em perfeitas condições psíquicas que se apercebem do que se passa e que só pedem um minuto sem dor, é terrível! 
Agonizante para elas, para a família e para quem lida com elas. Tenta-se apaziguar a dor dessas pessoas com medicação, com conversas, mas e quando já nada disso surte efeito?

Também há casos e aí eu não concordo em absoluto, em que as pessoas que vivem sós, sem companhia e que se sentem desmotivadas, sem alegria de viver, fartas de uma existência que nada lhes traz de positivo, pedem a eutanásia, aí não! 
A vida é demasiado valiosa para se por termo a ela sem que seja por sofrimento físico.

Mas há dias em conversa com amigos onde esse era o tema, a Eutanásia, perguntaram-me e se fosse alguém da tua família? Concordavas? Pois… nunca tinha pensado nisso e realmente não soube responder nesse dia, nem hoje.

Quando é os “outros” tudo é muito simples, mas e se for alguém meu?


Complicado.

18 comentários:

  1. Sou a favor. E também vejo outra coisa: tanta gente boa a ir, enquanto alguns que só fazem o mal vão ficando.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Quando é nosso é mais complicado!
    Quando meu pai deu entrada no hospitam ... a médica perguntou se queria que "tentassem" e eu que tinha visto o sofrimento em que ele estava respondi:
    _ Não quero que esteja a sofrer!
    Duas horas depois foi comunicado o seu falecimento!
    Euranásia?
    Bj amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas deve ter custado muito essa tua decisão decisão :( muito complicado,situações que ninguém quer passar.
      Beijinhos Gracinha

      Eliminar
  3. Realmente, concordo ctg, sou a favor da eutanasia, talvez pr ja ter visto tanta gente a sofrer na minha familia... a minha madrinha, sofreu tanto com as quimios no tratamento a leucemia que chegou a pedir que a levassem o mais rapido possivel, e isso doi tanto mas tanto... sentimo-nos impotentes... o ultimo a falecer foi o meu, no ano passado... foi mais rapido, ja nao sofreu tanto, espero eu, digo eu para mim mesma como forma de tentativa de alivio... como tu bem concluis, e complicado, muito complicado! So nao ha solucao para a morte mesmo...
    Bjinhosss e boa quinta*
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois Matilde aí tá o problema, somos a favor mas....
      Quando toca a quem é nosso deve ser muito difícil tomar uma decisão.
      Beijinho

      Eliminar
  4. Mena, isso é tão complicado. Eu também sou a favor mas acho que jamais conseguiria tomar a decisão com alguém muito próximo. Dói tanto ver sofrer apenas à espera da morte, mas dizer sim.... acho que há sempre uma réstia de esperança, uma fé por um milagre...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois GM, é muito complicado, decisões muito dificeis de tomar.
      Beijinho

      Eliminar
  5. É muito complicado...ter que tomar uma decisão dessas.


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  6. Este é um assunto que dá pano para mangas, muito controverso. Eu nunca tive que passar por nenhuma situação destas por isso não consigo imaginar. Acho que toda a gente tem direito à escolha, mas isso implica sempre sofrimento de todos os lados.
    Tema difícil.
    Beijinhos e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito complicado Catarina. Eu também nunca passei e espero nao passar, pois deve ser dificil mesmo. Mas entendo quem o quer fazer.
      Beijinho

      Eliminar
  7. É verdade, quando é com os nossos as coisas deixam de ser tão claras. Contudo, também sempre fui a favor da eutanásia.

    r: Muito, muito obrigada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também sou Andreia, mas como eu digo e tu concordas é complicado quando toca a nos.
      Beijinho

      Eliminar
  8. Muito complicado esse tema. Eu sou a favor em casos de doença. É doloroso prolongar o sofrimento. É certo que nada na vida é mais precioso que a vida mas existem pessoas que não estão vivas apenas bate um coração lá dentro... E nesses casos é dor para a pessoa e para os familiares. Não se toma essa decisão de ânimo leve porque para quem fica é muito doloroso "permitir" que o ser amado parta :(
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nada é mais precioso que a vida, tens razão B, mas e quando a vida é de sofrimento 24h por dia? muito complicado.
      Beijinhos

      Eliminar