terça-feira, 10 de janeiro de 2017

#pensamentos

Estava a brincar com as outras crianças, brincava na rua com qualquer coisa, ahhhh era uma boneca, sim, uma boneca, pequenina com o cabelo branco comprido e liso, a boneca era barriguda e tinha um vestido escocês, aquelas saias plissadas com blusa igual, era às flores, azuis e brancas. Estava com ela ao colo como se eu, fosse a mãe dela. As outras crianças também brincavam com algo. 
Outras vezes ia para casa delas brincar e levava as bonecas e os livros da Anita, adorava o da Anita na Praia, na capa estava a Anita com o pantufa, um cãozinho pequenino e castanho, eles divertiam-se muito na praia. 
Na casa das amigas a menina também se divertia, ou se punham as bonecas a dormir nas suas respetivas camitas ou se lhes dava o lanche, dependia. À tardinha ia lanchar e voltava para brincar ou não.
Mas as bonecas tinham de ficar sempre deitadas nas camas, era quase que como uma obrigação. Brincava mais um pouco depois de jantar mas aí já em casa ou no jardim, gostava de brincar sozinha também.O chão do jardim tinha pedras e havia canteiros com flores e árvores, então ficava ali a brincar, nem que fosse com uma flor ou erva, às vezes corria pelo jardim e subia às árvores para olhar os vizinhos.
Não via muita televisão, mas gostava de ver a Heidi com o Pedro o Josef a cabrinha branca e o avô da Heidi, aquele senhor alto de cabelo e barba branca, gostava de os ver a correr por aquelas montanhas acima, tão verdes de tanta erva. Pareciam tão livres, era só um filme, mas sei que podia ser verdadeiro.

Como é bom lembrar a infância desta menina, que hoje escreve este texto, em jeito de memória, lembrar as outras crianças que, entretanto, também cresceram e se tornaram adultos (alguns não os vi mais) mas se hoje os visse acho que os reconheceria.  


Como foi boa a minha infância, sinto-me privilegiada por isso. Como seria bom todas as crianças poderem ter pelo menos uma infância igual à minha. 

29 comentários:

  1. Recordar a infância, uma delícia! =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha linda, recebi o meu miminho!!!! =) É lindo, adoro!
      Obrigada.
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Quando se tem uma infância feliz essas recordações são do melhor que podemos ter. Beijinhos Mena

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade GM e eu penso muito sim, e é tão bom!! :)
      Jinhos

      Eliminar
  3. Mais uma vez concordo contigo!
    Se não forem melhor que todas as infâncias sejam pelo menos como a nossa!

    Bjxxx

    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  4. Realmente temos que agradecer a infância boa...Lindo te ler! bjs praianos,chica

    ResponderEliminar
  5. Quando se tem uma infância feliz é bom recordar sim :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Há memórias tão reconfortantes *.*

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  7. Foi tao bom recordar um pouco da nossa infancia :) Ah a Anita que agora se chama Martine... que raio de nome, poxa! Eu andava sempre com os livros da Anita atras, foi com eles que aprendi a ler :) e eu tive esse da Anita na Praia :) Ah e a Heidi, eu adorava a Heidi :) Tenho uma na minha mesinha de cabeceira a fazer lembrar uma em pvc que tive em miuda :)
    Obrigada por estas memorias tao boas, minha querida Mena :)
    Bjinhosss e boa semana*
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi tão boa não foi linda? Que pena hoje não ser assim :(
      Beijinhos

      Eliminar
  8. Ah e gostava tanto mas tanto que o meu Lu tivesse uma infancia como a nossa...
    Bjinhosss

    ResponderEliminar
  9. Sim, de certeza que é tudo uma questão de hábito :D

    Que texto lindo e que bom que foi saber um pouco mais da tua infância :)

    NEW OUTFIT POST | Take Your Time.
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  10. E uma infância feliz faz um feliz adulto!
    Também fui bem feliz na minha infância!
    Bj

    ResponderEliminar
  11. r: Não ter dúvidas é mau sinal!

    Obrigada :) um ótimo domingo também para ti*

    ResponderEliminar
  12. A minha não foi tão boa, mas tenho saudades dela na mesma. Naquela época tinha a vida pela frente. Hoje a maior parte da vida já ficou para trás...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que os melhores momentos tenham ficado para trás acredito, no. Agora, nunca se sabe o que ainda vamos viver e certamente muito ainda haverá.

      Eliminar